Quinta-feira, 7 de Maio de 2009

Na Madeira (I)

Com este post começo a relatar a minha visita à Madeira com um grupo de alunos e professores, no âmbito de um projecto europeu da escola onde trabalho.

 

Terça-feira, 5 de Maio de 2009

 

Começámos o dia com um passeio por Santana, um concelho do norte da Madeira, onde estarei por estes dias. Vi as casas típicas e a Câmara Municipal.

 

 

A Madeira é uma terra de flores. Aquelas que os "continentais" tanto se esforçam por cultivar nos seus jardins aqui crescem em qualquer lado.

 

 

Depois da visita à escola que nos recebe, fomos almoçar. Era um piquenique muito madeirense.

 

 

Num local fantástico. O fumo vinha da fogueira que nos preparava o almoço.

 

 

Íamos comer a famosa espetada madeirense em pau de louro.

 

 

Esta fogueira é no meio da floresta mas num local completamente controlado, dentro de um telheiro de cimento construído para o efeito.

 

 

As espetadas estavam deliciosas.

 

 

Depois do almoço rumámos ao Funchal.

Um amigo disse-me que para percebermos como a Madeira é montanhosa podemos imaginar como ficará uma folha de papel A4 em cima de uma mesa depois de amarrotada. Ele estava certo. Assim parece a Madeira a sair do mar.

Para vencer as montanhas houve que fazer imensos túneis ("furados", chamam-lhes aqui) para nos podermos deslocar de automóvel em estrada plana e rápida.

 

 

 

O Funchal é uma cidade linda. Dirigiamo-nos ao Estádio dos Barreiros, onde joga o Marítimo.

 

 

Preparava-se a cerimónia de abertura do Desporto Escolar. Aqui as finais destes jogos realizam-se todas na mesma semana e a festa inicial parece a abertura de uns Jogos Olímpicos. Até o Presidente do Governo Regional lá foi dizer "declaro os jogos abertos".

 

O estádio tem uma vista fantástica sobre o Funchal (que tem 120 000 habitantes).

 

 

No início todas as escolas da Madeira desfilam.

 

 

Depois, cerca de 2000 alunos fazem coreografias no relvado.

 

 

E no fim uma surpresa para todos os estudantes: Ana Free ao vivo.

Tudo isto acabou tarde.

 

 

Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

 

Começámos dia com uma pequena caminhada. Pudemos ver os campos. A principal cultura aqui são as semilhas, nome que os madeirenses dão às batatas.

 

 

Fomos à "Rocha do Navio".

Para chegar lá a baixo é preciso ir de teleférico. É mesmo a pique, impressiona muito mas todos adoraram a experiência.

 

 

Lá em baixo há um pedaço de terra com uns 50 metros de largo, entre as escarpas altíssimas e o mar. Mas mesmo assim as pessoas ainda conseguiram fazer casas e ter terras de cultivo. A Madeira é tão escarpada que qualquer pedaço de terreno plano é aproveitado para a agricultura.

 

 

Nas escarpas podemos ver quedas de água espectaculares. O teleférico oferece uma vista lindíssima da água a cair.

 

 

A tarde foi de trabalho e não interessa para aqui.

 

À noite fomos recebidos pelo Presidente da Câmara de Santana, que ofereceu um jantar aos professores de todos os países.

 

 

No próximo post vamos visitar toda a ilha.

publicado por Luís Peça às 02:51
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Jorge Melo a 7 de Maio de 2009 às 09:11
Cada vez que uma pessoa do Continente que nunca tenha visitado a Madeira e os Açores, vê imagens das ilhas diz sempre a mesma coisa para si : "Como é que eu que estou aqui tão perto ainda não fui lá?! Tenho mesmo de lá ir!" Tem de ser para breve!!!
Grande reportagem!

Comentar post

«Contempla-se o mar. À força de o vermos gastamo-nos nele, usamos por inteiro as suas quatro lembranças. Desconhece-se que delírio de ignorância nos vai arrebatar.»

Marguerite Duras, Vida Tranquila

.mais sobre mim

.tags

. todas as tags

.posts recentes

. Nobre

. Denizli, Turquia

. A caminho de Varsóvia

. Um dia qualquer na Figuei...

. Porto Santo

. HDR

. Perspectivas

. Sai de Vespa

. Cores frescas com luz

. Outono é tempo de castanh...

.arquivos

. Junho 2011

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.links

.pesquisar

 

.subscrever feeds

Pergolas
Pergolas
online

.últ. comentários

a bebida do caju é jambalau
Discurso motivador, interessante, sensacional; Waw...
O caju come-se quando está bem madurinho. Tem de p...
Era a lente. Já limpei.
Epá!!! Essa lente, ou esse sensor estão cheios de ...
Olá eu gostava de lhe perguntar uma coisa...tenho ...
Fica muito melhor!
HDR é sem dúvida uma técnica espectacular!
Sitio óptimo para andar descalço.
E esta fórmula serve exactamente para Administrar ...